Ir para o conteúdo

Prefeitura Palmital/SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Palmital/SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social WhatsApp
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
03
03 OUT 2022
ASSISTÊNCIA SOCIAL
SAÚDE
POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE NAS RUAS RECEBE ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO E ARTETERAPIA COM OFICINA DE PIPAS
AVALIAR
enviar para um amigo
receba notícias
A Secretaria de Saúde e Secretaria de Assistência Social de Palmital, em parceria com a Unesp Assis, Pastoral Sobriedade, Igreja Metodista, Cras e Creas, vem realizando um trabalho de abordagem social e acolhimento junto à população socialmente vulnerável do município.
 
O projeto PopRua, iniciado no dia 05 de setembro, visa ampliar o acesso à saúde para famílias e indivíduos que vivem em situação de extrema vulnerabilidade ou risco social, buscando estabelecer vínculos, identificando suas necessidades de saúde e articulando o cuidado nos serviços do SUS.
 
O projeto integra esforços de trabalhadores da Atenção Básica, Saúde Mental, Creas, Cras, de estagiários do Curso de Psicologia da Unesp Assis, membros da Pastoral Sobriedade e da Igreja Metodista.
 
Os encontros ocorrem todas as segundas-feiras, das 14h às 17h na praça São José, promovendo um espaço para troca de experiências com café da tarde, atendimentos em Saúde, arteterapia e ofertas de serviços como emissão de 2ª via de documentos e cadastramento em programas assistenciais.
 
“Estes indivíduos apresentam, com frequência, dificuldades em estabelecer cuidados com a saúde em geral e, sobretudo, com a saúde bucal. Em consequência disso, muitos chegam a uma situação de urgência. Garantir esse atendimento, facilitando o acesso, é uma forma de aproximar esses usuários da dinâmica do autocuidado, através também da educação em saúde”, ressalta Nádia Ortiz, secretária de Saúde.
 
Na tarde desta segunda-feira (03), uma equipe de saúde bucal, sob a coordenação de Mareuri Ap. Cunha Prada, realizou avaliações odontológicas, encaminhando estas pessoas para as unidades de saúde onde serão continuados os atendimentos.
 
Também foram promovidas atividades artísticas e terapêuticas aos usuários por meio da Oficina de Pipas, com o objetivo de contribuir para restaurar e preservar sua integridade psicoemocional e cultural, sua ressocialização e fortalecimento de vínculos interpessoais e familiares.
 
Muitos são os desafios. A saúde é direito de todos, e seu acesso deve ser uma realidade.
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia